01 de Maio de 2017
Município de
Vila Pouca de Aguiar
Siga-nos no: facebook twitter youtube rss
Você está aqui: Vila Pouca de Aguiar > Caracterização > Hidrografia
Hidrografia

Hidrografia

 

As águas do Alto Tâmega e Barroso são reconhecidas mundialmente pelas suas propriedades terapêuticas e representam um elevado potencial para o Turismo de Saúde. Na região existem quatro estâncias termais principais: Carvalhelhos (Boticas); Chaves e Vidago (Chaves); e Pedras Salgadas (Vila Pouca de Aguiar).


A Estância Termal das Pedras Salgadas inclui quatro nascentes termais: D. Fernando, Grande Alcalina; Penedo e Pedras Salgadas. As suas águas minerais (Figura) são hipotermais, mesossalinas, gasocarbónicas, bicarbonatadas sódicas, ferruginosas e silicadas. Sendo uma das águas de mesa mais apreciadas a nível nacional, revela as suas qualidades curativas no tratamento de doenças do aparelho digestivo, diabetes e colesterol, mas também a osteoartrite e doenças do aparelho respiratório como a sinusite e a rinite.


Em termos hidrográficos, o concelho de Vila Pouca de Aguiar localiza-se na Bacia Hidrográfica do Rio Douro, incluindo, no seu território 4 sub-bacias diferenciadas: Tâmega, Corgo, Pinhão e Tua (ver mapa abaixo).

Pertencem à sub-bacia do Tâmega, além do troço do próprio Rio Tâmega (limite NW do concelho), o Rio Avelames, o Rio Torno, a Ribeira do Cabouço e do Bocó, e todos os seus afluentes. A sub-bacia do Rio Corgo inclui, no concelho, a nascente e o troço inicial desse rio, bem como os seus afluentes, como a Ribeira de Souto. No planalto de Jales corre o Rio Pinhão, incluindo na sub-bacia os seus afluentes, como a Ribeira de Rebolais (em Quintã de Jales). Finalmente, as linhas de água mais orientais do concelho, como os Rios Tinhela e Curros e a Ribeira de Revel, incluem-se na sub-bacia do Tua.

Atualmente, a rede hidrográfica do concelho verifica alguns problemas relacionados com a poluição hídrica e, principalmente, a sua sobre-exploração em relação à captação de água. De facto, vários rios com elevada importância ecológica são praticamente secos, no Verão, em consequência da captação de água para regadio. São reconhecidos os impactos negativos deste procedimento, o qual não respeita a manutenção de caudais ecológicos, nomeadamente em rios como o Torno e o Avelames.

Agenda
Maio, 2017
Mês Anterior Mês Seguinte
  • Dom
  • Seg
  • Ter
  • Qua
  • Qui
  • Sex
  • Sáb
  •  
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
  • 31
  •  
  •  
  •  
Últimos documentos...
Resumos Câmara | Câmara Municipal
Data: 2017-04-28 | Tamanho: 332 KB
Atas Assembleia | Assembleia Municipal
Data: 2017-04-28 | Tamanho: 267 KB
Atas Câmara | Câmara Municipal
Data: 2017-04-28 | Tamanho: 364 KB
Regulamentos | DMASP - Saúde e Higiene Pública
Data: 2017-04-27 | Tamanho: 3 MB
Resumos Assembleia | Assembleia Municipal
Data: 2017-04-27 | Tamanho: 289 KB